quarta-feira, 17 de junho de 2009

Paella
Fizemos essa paella no final do ano de 2007, uma homenagem aos meus avós paternos, que infelizmente não conheci. Foi deliciosamente saboreada!


História da Paella
A Terra Natal deste prato é a região de Valência, na costa leste da Espanha. Ele surgiu como alimento dos camponeses, nos séculos XV e XVI, quando saíam para o trabalho rural, levando arroz, óleo de oliva e sal, além do recipiente para cozinhar: uma panela redonda com alças, ampla e rasa chamada de "Paella". Esse formato facilitava o mexido do arroz e seus componentes durante o preparo, proporcionando um cozimento por igual.
Como a origem desta verdadeira delícia está fortemente relacionada ao campo, incorporavam à receita do prato os ingredientes que encontravam, tais como, carne de caça, sobretudo de lebre e de pato, legumes da estação e açafrão (nobre especiaria) retirada das flores, dando o colorido amarelado ao arroz.
A madeira das laranjeiras era utilizada como lenha para o fogo, dando o sabor característico ao preparo da verdadeira Paella valenciana. Depois de muito tempo o frango entrou como parte dos ingredientes, pois era uma ave muito nobre na época.
Chegando ao litoral, o prato passou a ser elaborado com frutos do mar, recebendo o nome de Paella marinera. Passado o tempo, as receitas se misturaram, dando origem à Paella mista (terra e mar) e criou-se ainda a Paella negra, incorporando-se a lula com a sua tinta. Hoje, existem muitas variações.
É um verdadeiro show de talento e sensibilidade, pois trata-se de um prato sofisticado pela plástica de sua apresentação e de ponto delicado.
Alguns acham que o grau de dificuldade é que leva o homem espanhol, ao desafio de preparar este prato, mais ou menos como o nosso churrasco. É uma verdadeira demonstração de competência no preparo de um prato realmente trabalhoso e saboroso.
A origem da Paella vem do latim "Patella", bandeja usada na antiga Roma destinada às oferendas aos Deuses, nos rituais de fecundação da terra.Dizem também os historiadores que a palavra "Paella" surgiu quando os trabalhadores rurais voltavam para seus lares nos finais de semana e em homenagem às suas esposas preparavam essa deliciosa iguaria "Para Ellas" dando origem ao nome.
fonte: portalsanfrancisco.com.br

Temperança

Temperança: Tempero, prazer, razão, moderação. Na minha busca para definir uma das coisas que mais gosto de fazer, encontrei nas minhas cartas do tarô, a perfeita definição do que é cozinhar.
Temperança é quando se encontra prazer sem perder a razão. É saber dos seus limites, conhecer a si mesmo, estar no controle da sua vida.
E dos prazeres, um dos melhores é comer. O outro é cozinhar! Usar a magia de unir temperos, caldos, frutas, e como uma alquimia, transformar os alimentos em sabores que nos levam de volta a infância, nos trazem as melhores lembranças, nos transportam a qualquer lugar do mundo. A cozinha une os amigos, a familia. Saber saborear, degustar dá prazer ao corpo e aconchega a alma. Se fizermos tudo que nos dá prazer, com temperança, teremos uma vida melhor.
Temperança na cozinha, no trabalho, nos amores, na vida!
Um brinde ao melhor dos prazeres!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...